sábado, 20 de outubro de 2007

As Cem linguagens


A criança é feita de cem.
A criança tem cem mãos,
cem pensamentos,
cem modos de pensar,
de jogar e de falar.
Cem, sempre cem modos de escutar as maravilhas de amar.
Cem alegrias para cantar e compreender.
Cem mundos para descobrir.
Cem mundos para inventar.
Cem mundos para sonhar.
A criança tem cem linguagens
(e depois, cem, cem, cem),

Mas roubaram-lhe noventa e nove.
A escola e a cultura separam-lhe a cabeça do corpo.
Dizem-lhe: de pensar sem as mãos,
de fazer sem a cabeça,
de escutar e de não falar,
de compreender sem alegrias,
de amar e maravilhar-se
só na Páscoa e no Natal.
Dizem-lhe: de descobrir o mundo que já existe
e de cem, roubaram-lhe noventa e nove.
Dizem-lhe: que o jogo e o trabalho,
a realidade e a fantasia,
a ciência e a imaginação,
o céu e a terra,
a razão e o sonho,
são coisas que não estão juntas.
Dizem-lhe: que as cem não existem.
A criança diz: ao contrário, as cem existem.

Loris Malaguzzi

3 comentários:

Mariana disse...

Obrigada pelo teu comentario deixado no meu blog marianamaster.blogspot.com.
� bom saber que h� pessoas que gostam das coisas que fazemos. O teu blog tamb�m est� muito giro, continua. Um beijinho Mariana

Claudiodelete disse...

Olá Nexita...antes de mais muito obrigado pelos comentários no meu blog :-), acerca do Bodyboard tem realmente uma ideia muito errada, não tem nada a ver com falhar na prática do Surf, até porque se tiver o trabalho de ver alguns videos ou mesmo algum filme de Bodyboard facilmente irá confirmar algumas coisas, uma delas é que se consegue surfar por vezes num tipo de ondas que não daria numa tábua de surf (mais cavadas), outra é o facto de a evolução deste desporto estar numa fase evolutiva em que o tamanho de ondas e as manobras executadas elevaram o nivel técnico de tal forma que o grau de dificuldade em aprender body em nada é inferior a aprender surf... mas todo isso pode constatar simplesmente pelas imagens:-))
De qualquer maneira eu até poderia fazer surf (e já fiz) a maior parte dos meus amigos até são surfistas, foi mesmo por opção, viajo bastante e não dá muito jeito andar com uma tábua enorme sermpre em cima do carro, com as de body posso a qualquer altura parar o carro mudar de fato e aproveitar o mar...e surfar é disso que trata, de usufruir do mar...não importa se o faz com uma short, uma long, uma de body ou mesmo só com o corpo, é o espirito que interessa. O melhor surfista de todos os tempos é isso que transmite mas nem todos seguem o que ele diz:-))) eu pessoalmente porque muito que venha a gostar de surf (e gosto) serei sempre bodyboarder, porque gosto, porque me viciei e porque voar é possivel...

Anónimo disse...

Oi querida,só uma alma perfumada como a sua para fazer um blog tão bonito. Sabe, eu sou Contadora de Histórias vamos trocar experiências? meu email é miriamcontoseencantos@hotmail.com e meu blog miriamcontoseencantos.blogspot.com
Grande beijo!!
Meu nome é Miriam Leão